A Fundação Grünenthal utiliza cookies próprios e de terceiros para melhorar a experiência de navegação, oferecer conteúdo personalizado e melhorar os seus serviços. Utilizamos scripts analíticos que colocam um cookie de rastreamento mas apenas ativamos esses serviços com o seu consentimento. Se clicar em “Aceitar”, está a consentir com a utilização desses scripts analíticos.

Pode retirar o seu consentimento em qualquer altura Para o fazer, modifique as suas configurações neste Website seguindo este link para a nossa Declaração de Privacidade com as opções de configuração: Ir a definições

Aceitar

;

11/19/2018

Lisboa, 19 de novembro de 2018 – Estão abertas, até ao dia 14 de dezembro de 2018, as candidaturas à edição de 2018 do Prémio Grünenthal Dor. A este prémio, ao qual podem candidatar-se médicos e outros profissionais de saúde, premeia trabalhos de investigação básica e investigação clínica num total de 15 mil euros – 7.500 mil euros a cada projeto.

Criado pela Fundação Grünenthal, este galardão anual destina-se a galardoar trabalhos em Língua Portuguesa ou Inglesa, da autoria de médicos ou outros profissionais de saúde, sobre temas de investigação básica ou clínica relacionados com a dor e que tenham sido realizados em Portugal.

As candidaturas ao Prémio Grünenthal Dor deverão ser dirigidas ao Presidente da Fundação Grünenthal, Professor Doutor Walter Osswald, e podem ser submetidas online, através do e-mail fundacaogrunenthal.pt@grunenthal.com, ou por correio registado com aviso de receção para Alameda Fernão Lopes nº12, 8ºA, 1495-190 Algés.

Podem ser submetidas candidaturas de trabalhos ainda não publicados ou publicados durante o mesmo ano ou no ano anterior ao do prémio, exceto se já galardoados com outros prémios à data da respetiva receção. Não serão aceites, ainda, versões integrais de dissertações de mestrado e doutoramento, embora sejam permitidos trabalhos elaborados com material existente nesses textos académicos e obedecendo à formatação usual dos trabalhos publicados em revistas.

O júri do galardão é constituído por sete pessoas, um representante da Fundação Grünenthal e seis personalidades, da Associação Portuguesa para o Estudo da Dor (APED), a Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF), a Sociedade Portuguesa de Anestesiologia (SPA), a Sociedade Portuguesa de Medicina Interna (SPMI), a Sociedade Portuguesa de Medicina Física e de Reabilitação (SPMFR) e a Sociedade Portuguesa de Reumatologia (SPR).

Consulte aqui o regulamento completo.

Sobre a Fundação Grünenthal:

A Fundação Grünenthal é uma entidade sem fins lucrativos que tem por fim primordial a investigação e a cultura científica na área das ciências médicas, com particular dedicação ao estudo da dor e respetivo tratamento.

Para mais informações consulte www.fundacaogrunenthal.pt

Maria João Serra

ATREVIA Lisboa


E-Mail mmoreira@atrevia.com

Phone 21 324 02 2

Mobile 914 027 327